Salvador
27°
algumas nuvens
umidade: 74%
vento: 4m/s L
Máx 27 • Mín 26
Weather from OpenWeatherMap

Dezembro vermelho: Especialista esclarece dúvidas sobre DSTs

O infectologista Alessandro Farias esteve no programa Viva Bem da Rádio Sociedade para esclarecer dúvidas sobre as Doenças Sexualmente Transmissíveis, dando ênfase ao Dezembro Vermelho dedicado a campanha de combate e prevenção a AIDS.

Muitas pessoas ainda entendem que a prevenção do HIV se dá com o uso do preservativo, o que é um erro. Se tratando de prevenção de HIV, mais que qualquer outra DST, nós avançamos muito. Não desmerecendo o preservativo, mas ele contêm falhas, entendeu-se a necessidade de ter novas estratégias de prevenção, e hoje existem várias outras ferramentas.

Um dos temas mais citados durante a entrevista pelos ouvintes foi a Sífilis. A sífilis é causada pela bactéria Treponema pallidum, e pode se manifestar em três estágios, sendo que nos dois primeiros acontecem os sintomas e ela é mais contagiosa e no terceiro não há sintomas – o que faz parecer que a pessoa está curada. De acordo com o especialista, a parte preventiva será muito mais efetiva se tiver estratégias diferentes.

Uma das principais estratégias de prevenção é a detecção precoce, se pudéssemos identificar anualmente, dar medicamentos pra todas elas, estaríamos com uma ferramenta fantástica. A carga viral controlada, usando o medicamento corretamente, junto com o preservativo, evita e muito a transmissão do vírus.

O médico alerta também que ter um relacionamento sério não impede que você faça seus exames regularmente. Confira a entrevista completa em nosso Facebook Rádio Sociedade da Bahia.

Curiosidades:

O laço vermelho é visto como símbolo de solidariedade e de comprometimento na luta contra a aids. O projeto do laço foi criado, em 1991, pela Visual Aids, grupo de profissionais de arte, de New York, que queriam homenagear amigos e colegas que haviam morrido ou estavam morrendo de aids.

Comentar

%d blogueiros gostam disto: