Salvador
25°
nuvens dispersas
humidity: 69%
wind: 6m/s ESE
H 25 • L 24
Weather from OpenWeatherMap

Infecção urinária e constipação são temas do Sinta-se Bem de hoje (7)

Recentes estudos realizados por pesquisadores da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública e da Universidade Federal de Juiz de Fora apontam que problemas miccionais podem estar relacionados a constipação e obesidade. A pesquisa envolveu 829 crianças.

“Em um estudo populacional, mostramos que crianças constipadas (com ressecamento fecal) têm quatro vezes mais incontinência que as não constipadas e que as crianças obesas sofrem mais de incontinência urinária”, afirma o coordenador do Centro de Distúrbios Miccionais na Infância (CEDIMI), Dr. Ubirajara Barroso, médico urologista. O centro é uma iniciativa do médico em parceria com a Bahiana e é o primeiro núcleo de referência da Bahia especializado no tratamento de alterações miccionais em crianças, atendendo gratuitamente o público, no Ambulatório Docente-Assistencial da Bahiana (ADAB), em Brotas.

Segundo o médico, “esses são os primeiros estudos a demonstrar os dois casos em caráter populacional. Portanto, devemos orientar que crianças constipadas e crianças obesas sejam investigadas para problemas miccionais”. O estudo que atesta a constipação como um dos fatores de causa da incontinência urinária foi publicado na Frontiers of Pediatric Urology. Por sua vez, a pesquisa que relaciona a obesidade à incontinência urinária já foi aceita para publicação no Journal of Pediatric Urology.

Para trazer mais informações sobre a pesquisa, o urologista, doutor Ubirajara Barroso participa do Sinta-se Bem de hoje (7) e conversa com Olga Goulart, a partir das 16h.

Faça a sua pergunta através do telefone 3486 3201 ou pelo WhatsApp 9 9289 2732.

Sintonize na Rádio Sociedade 102.5 FM / 740 AM

Comentar

%d blogueiros gostam disto: