Salvador
27°
nuvens dispersas
umidade: 74%
vento: 4m/s L
Máx 27 • Mín 26
Weather from OpenWeatherMap

Globo de Ouro 2018 é marcado por protesto contra assédio sexual

A edição 2018 do prêmio Associação de Correspondentes Estrangeiros de Hollywood, o Globo de Ouro, foi marcado por um protesto por parte do público feminino que intencionava se manifestar contra os diversos casos de assédio e abuso sexual praticado por diretores, produtores e atores contra mulheres em geral, denunciados ao longo de 2017.

As atrizes foram vestidas de preto, e estimularam nas redes sociais a hashtag #TIMESUP, criada pelas atrizes Natalie Portman e Meryl Streep, o projeto visa arrecadar fundos para ajudar financeiramente homens e mulheres que não tem condições de arcar com as despesas de tribunais contra processos de estupro e assédio sexual.

Angelina Jolie

O movimento se estruturou após diversas acusações responsáveis por dar fim à carreira de homens poderosos dos negócios do cinema, da política e dos veículos de comunicação, provocada pelos escândalos e tentativas estupro por parte do produtor de Hollywood Harvey Weinstein, que possui um longo histórico na área do cinema e uma produtora detentora de vários estúdios de filmagem.

Durante a cerimônia, diversos atores utilizaram um broche com o símbolo do movimento para dar ainda mais visibilidade ao manifesto. Dentre os que colocaram o broche estão Joseph Fiennes, Freddie Highmore, Justin Hartley, Finn Wolfhard, Gaten Matarazzo e Noah Schnapp (os três últimos são da série “Stranger Things”).

Nick Jonas
Kate Hudson

 

A CERIMÔNIA

Conhecida por ser uma das festas mais divertidas e descontraídas da premiação de Hollywood, a edição foi marcada por manifestações. Anteriormente já tinha sido divulgado que a festa de cerimônia da premiação teria sido cancelada e o dinheiro que seria utilizado para investir no evento será destinado ao mesmo público, vítima dos casos de abuso.

 

In Solidarity from my sick bed. #TIMESUP #WHYWEWEARBLACK #GoldenGlobes

Uma publicação compartilhada por Anne Hathaway (@annehathaway) em

//platform.instagram.com/en_US/embeds.js

Entre as atrizes, Jessica Chastain, Cate Blanchett, Ashley Judd e outras dezenas de estrelas desfilaram pelo tapete vermelho trajando preto. Entre as que não puderam comparecer a premiação, algumas apoiaram ainda de casa como o caso da atriz Anne Hathaway, que postou em sua conta do instagram uma foto de vestido preto com a legenda “In Solidarity from my sick bed”, no português “Em solidariedade, da minha cama doente”.

Em seu o discurso, Oprah Winfrey, considerada uma das mulheres mais poderosas da TV americana, lamentou a cultura do estupro, “durante muito tempo, as mulheres não foram ouvidas e não se acreditava nelas quando se atreviam a contar a verdade sobre esses homens. Mas esse tempo acabou! Por isso quero que todas as meninas que estão vendo isso saibam que existe um novo dia no horizonte”.

Octavia Spencer e Jessica Chastain

 

 

Comentar

%d blogueiros gostam disto: