Salvador
25°
nuvens dispersas
umidade: 78%
vento: 2m/s L
Máx 27 • Mín 25
Weather from OpenWeatherMap

Governo está “prestes a não poder pagar” a Previdência, diz ministro

Nesta segunda-feira (11), o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, disse que o país não tem condições de conduzir as reformas da Previdência e tributária ao mesmo tempo. Segundo o ministro, a reforma mais urgente no momento é da Previdência e que o país está prestes a não conseguir arcar com os custos de aposentadoria e pensões. “A gravidade da situação é esta mesmo: nós estamos prestes a não poder pagar (a Previdência)”, afirmou Oliveira, durante sua apresentação no 14º Fórum de Economia da Fundação Getulio Vargas, em São Paulo.

O texto-base da reforma da Previdência foi aprovado pela comissão especial da Câmara em maio, entretanto ainda deverá ser votado em plenário. Por se tratar de uma proposta de alteração na Constituição, precisará de pelo menos 308 votos, em dois turnos de votação.

“Nós vamos ter que pedir uma autorização do BNDES para poder pagar a Previdência neste ano e no ano que vem. Depois nos anos seguintes não vai ter como. Então, nós estamos emitindo dívida para pagar a Previdência. E nós vamos pedir uma alteração na Constituição para poder fazer isso. Esse é o cenário. É gravíssimo”, ressaltou.

Comentar

%d blogueiros gostam disto: