Salvador
24°
nuvens quebradas
humidity: 88%
wind: 2m/s SE
H 24 • L 24
Weather from OpenWeatherMap

No dia D, cerca de 20 mil pessoas se vacinaram contra o sarampo

Cerca de 20 mil pessoas foram vacinadas contra o sarampo, no último sábado (10), durante o Dia D de imunização contra a doença.

As doses estão disponíveis em 129 salas de imunização das unidades básicas de saúde da capital, de segunda a sexta-feira, sempre das 8h às 17h.

O sarampo é uma doença respiratória grave, causada por um vírus, que pode ser fatal. Sua transmissão ocorre quando o doente tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas. A única maneira de evitar o sarampo é pela vacina.

Sintomas: O doente apresenta febre acompanhada de tosse, irritação nos olhos, nariz escorrendo ou entupido e mal-estar intenso. Em torno de 3 a 5 dias, podem aparecer outros sinais e sintomas, como manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas que, em seguida, se espalham pelo corpo. Após o aparecimento das manchas, a persistência da febre é um sinal de alerta e pode indicar gravidade, principalmente em crianças menores de 5 anos de idade.

Quem deve se vacinar contra o sarampo

6 meses a 11 meses – uma dose (não válida para rotina)

12 meses a 4 anos uma dose da tríplice viral e uma dose da tetra viral (com intervalo de 30 dias)
5 a 29 anos duas doses da tríplice viral (com intervalo de 30 dias)
30 a 49 anos uma dose do tríplice viral

Profissionais de saúde de qualquer idade portando documento comprobatório (crachá, contracheque, carteira de trabalho) duas doses da tríplice viral respeitando o intervalo de 30 dias após a primeira.