Salvador
27°
nuvens dispersas
umidade: 78%
vento: 6m/s LNL
máx: 28 • mín: 27
Weather from OpenWeatherMap

Após 40 anos, garoto propaganda da Bombril é demitido

Recordista na publicidade mundial, o garoto-propaganda Carlos Moreno não tem mais contrato com a Bombril. Conhecido como ícone da marca de limpeza, desde o ano passado ele não aparece nas propagandas da empresa, substituído por Dani Calabresa, Monica Iozzi e Ivete Sangalo. Ele foi a cara da Bombril de 1978 a 2016. De acordo com dados do Guiness Book, desde 1994 Moreno é o garoto-propaganda com maior tempo de permanência no ar. O ator nunca fez novelas ou séries, mas trabalha com teatro. Ele ficou em cartaz nos últimos anos com “Florilégio Musical”.

“O contrato estava para acabar e a Bombril passava por uma situação complicada. Fizeram cortes bem malucos em toda a empresa, inclusive na área de publicidade. Até me fizeram uma proposta de renovação, mas era meio absurda. Então chegamos num consenso: já que não estava sendo aproveitado, não tinha nenhuma perspectiva de trabalhar, não fazia sentido eu continuar contratado. No futuro, se tiver interesse, a gente volta a trabalhar junto com o maior prazer”, explicou.

Ele começou na publicidade em 1977, quando Washington Olivetto o contratou para viver um funcionário da Bombril. A primeira campanha foi ao ar em 1978 e o ator teve contrato com a marca sem intervalo até 2004. Depois, ficou afastado até 2007, quando retornou. Foram quase 400 comerciais gravados, além de fotos para mídia impressa.

Ele diz que ficou “chateado” quando começou a ser substituído. “Não vou negar que fiquei chateado, eu adorava fazer o trabalho. Mas era uma proposta da empresa de mudar a comunicação, então eu tive que aceitar. Depois, quando tive a chance de trabalhar com elas, adorei as três, me diverti bastante. Eu entendo que nada é eterno. A vida inteira fui consciente de que as campanhas terminariam. Passei o bastão para as meninas e elas trabalharam lindamente”, garante.

Foto: Divulgação

 

Comentar

%d blogueiros gostam disto: