Salvador
27°
nuvens dispersas
umidade: 78%
vento: 7m/s L
Máx 27 • Mín 27
Weather from OpenWeatherMap

Facebook começa a notificar usuários que tiveram contas hackeadas

Os usuários do Facebook que tiveram suas contas comprometidas no incidente de segurança tornado público no fim do mês passado estão recebendo notificações personalizadas, informando quais dados foram acessados pelos hackers. De acordo com a companhia, uma vulnerabilidade nas chaves digitais que mantêm as pessoas logadas na plataforma comprometeu 50 milhões de perfis, sendo que 30 milhões tiveram as chaves roubadas.

“Algumas das suas informações foram acessadas por um terceiro não autorizado, incluindo o seu nome, endereço de e-mail, número de telefone e outras informações, como sua data de nascimento e localizações recentes onde você fez check-in ou foi marcado”, diz a notificação.

Em comunicado divulgado na última sexta-feira, o vice-presidente de Gerenciamento de Produto do Facebook, Guy Rosen, explicou que os hackers controlavam algumas contas, que estavam conectadas com outras. Usando uma técnica de automação, eles conseguiram roubar as chaves de acesso dos contatos, assumindo controle de novas contas e se espalhando cada vez mais na rede. Ao todo, 400 mil pessoas tiveram suas contas completamente comprometidas, com os criminosos tendo acesso às publicações na linha do tempo, às listas de amigos, aos grupos que participavam e aos nomes de contatos de conversas recentes no Messenger. Administradores de páginas tiveram o conteúdo de mensagens acessado.

De uma parcela dessas 400 mil contas invadidas, os hackers conseguiram roubar chaves digitais de 30 milhões de usuários, sendo que 15 milhões deles tiveram nome e dados de contato — número de telefone e e-mail — acessados. 1 milhão de pessoas que tiveram as chaves roubadas não tiveram informações acessadas.

Mas para 14 milhões de usuários os invasores acessaram nome e contato, além de outros detalhes: gênero, local/idioma, status de relacionamento, religião, cidade natal, cidade atual reportada, data de nascimento, tipos de aparelhos usados para acessar o Facebook, educação, trabalho, 10 últimos check-ins ou locais em que a pessoa foi marcada, website, pessoas ou Páginas que a pessoa segue, e as 15 pesquisas mais recentes. Senhas e dados de cartão de crédito não foram comprometidos.

Cuidado com e-mails e mensagens

“Na sexta-feira, o Facebook anunciou que nos próximos dias enviaria mensagens customizadas a cada uma das 30 milhões de pessoas afetadas para explicar quais informações os invasores podem ter acessado, bem como medidas que elas podem tomar para ajudar a se proteger, incluindo de e-mails maliciosos, mensagens de texto ou chamadas telefônicas”, informou a assessoria da rede social.

Na notificação, o Facebook ressalta não saber “se os invasores usarão as informações acessadas”, mas alerta que os dados podem ser usados para “disseminar spam dentro e fora do Facebook”. Para se protegerem, os usuários que tiveram as contas comprometidas devem tomar cuidado com ligações telefônicas, mensagens de texto e e-mails de desconhecidos, mesmo que contenham dados pessoais.

DA AGÊNCIA O GLOBO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *