Salvador
25°
nuvens dispersas
humidity: 100%
wind: 8m/s ESE
H 25 • L 25
Weather from OpenWeatherMap

PF e MPF cumprem mandados de busca e apreensão na casa de Aécio Neves

A Polícia Federal (PF) e o Ministério Público Federal  estão nas ruas do Rio de Janeiro na manhã desta quinta-feira (18) em mais uma etapa da operação da  Lava Jato. De acordo com informações da Polícia Federal, o Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou busca e apreensão nos apartamentos de pelo menos três pessoas: o senador Aécio Neves; a irmã dele, Andrea Neves; e Altair Alves Pinto, considerado braço direito do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha. Há policiais nos bairros de Ipanema, onde fica a casa de Aécio; em Copacabana, onde a irmã tem apartamento; e na Tijuca, onde mora Altair. No bairro de Ipanema um chaveiro foi chamado para ajudar no trabalho dos agentes, uma vez que ninguém conseguia abrir a porta do apartamento de Aécio Neves. Por voltas 6h25 agentes conseguiram entrar na residência. Além do chaveiro, um funcionário de um hotel que fica próximo ao prédio do senador, foi chamado para servir de testemunha.

Os agentes chegaram na casa de Altair antes das 6h para cumprirem o mandado de busca e apreensão no local.

Em uma rede social a assessoria de Aécio Neves disse que o senador ” está absolutamente tranquilo quanto à correção de todos os seus atos. No que se refere à relação com o senhor Joesley Batista, ela era estritamente pessoal, sem qualquer envolvimento com setor público. O senador aguarda ter acesso ao conjunto das informações para prestar todos os esclarecimentos necessários”, afirmou.

Entenda o caso
A operação começou depois que o dono do frigorífico JBS, Joesley Batista, entregou à Procuradoria-Geral da República (PGR) uma gravação do senador Aécio Neves pedindo R$ 2 milhões. Na gravação com aproximadamente 30 minutos, o senador diz que precisava da quantia pagar sua defesa na Operação Lava Jato.

Foto: Divulgação|Fotos Públicas

Comentar

%d blogueiros gostam disto: