Salvador
27°
algumas nuvens
umidade: 78%
vento: 2m/s NO
Máx 27 • Mín 27
Weather from OpenWeatherMap

Como prevenir doenças sexualmente transmissíveis na terceira idade?

Essa é a pergunta respondida por Lucas Kuhn, convidado do VIVA BEM desta terça-feira (23). O alerta para o problema foi aceso através de estudos que divulgaram o aumento de DST’s entre os idosos. Os tabus e a falta de atenção aos riscos que o sexo sem a devida proteção pode ocasionar, contribuem e muito para o aumento das estatísticas.

Segundo dados do Ministério da Saúde, o número de casos de pessoas com HIV (Vírus da Imunodeficiência Humana), entre pessoas acima de 50 anos, dobrou na última década. As estatísticas ainda mostram que cerca de 4% a 5% da população acima de 65 anos são portadores do vírus do HIV, um aumento de aproximadamente 103%.

Na Bahia, os registros de doenças sexualmente transmissíveis em idosos também têm crescido em alguns municípios baianos. Segundo a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (SESAB), foram notificados 187 casos de HIV em adultos maiores de 50 anos no estado em 2017.

Para Lucas, o alto índice de infectados é um reflexo de tabus na sociedade.

Nós temos diversos tabus envolvidos nisso. Um deles é essa questão do uso do preservativo, que é o principal meio para prevenção das doenças sexualmente transmissíveis. Um outro tabu existente é o da sexualidade na terceira idade. É mais um preconceito que se tem com os idosos. É necessário quebrar todos esses tabus que envolvem a sexualidade.

O geriatra ainda falou sobre um outro bastante conhecido: o de que o uso da camisinha acaba com o prazer durante o sexo.

É impressionante como as pessoas ainda têm descaso com a sua saúde. Muitas dessas doenças transmissíveis acabam com a vida sexual. Além da AIDS, que é uma doença muito grave, ainda há outras como gonorreia, sífilis e câncer de pênis. É preciso pensar melhor na sua saúde e quebrar esse tabu de que o uso da camisinha tira o prazer sexual.

Para conferir o VIVA BEM desta terça-feira (23), clique aqui.

VIVA BEM vai ao ar de segunda à sexta-feira, às 16h, na Rádio Sociedade da Bahia. Você também pode participar do nosso programa pelo Facebook e Instagram. Faça a sua pergunta através do telefone (71) 3486 3201 ou pelo WhatsApp (71) 9 9656-1025.

Comentar

%d blogueiros gostam disto: