Salvador
25°
nuvens dispersas
humidity: 100%
wind: 8m/s ESE
H 25 • L 25
Weather from OpenWeatherMap

Rebelde, Cajá desobedece treinador e se recusa a entrar em campo

O Bahia venceu o Fortaleza por 2 a 0 na noite desta quarta-feira (22), na Arena Fonte Nova e se classificou para às quartas de finais da Copa do Nordeste. Apesar do jogo tranquilo, um jogador resolver protagonizar uma cena polêmica antes do apito final da partida. O meia Renato Cajá, muito contestado pela torcida, se recusou a entrar em campo a pedido do técnico Guto Ferreira. Segundo o repórter Marinho Júnior, ao ser chamado para entrar em campo, o jogador fez sinal negativo com a mão. “[Faltando]5 minutos? Vou não. Só no próximo!”, disse o meia Tricolor.

A polêmica, claro, não iria passar despercebida durante a coletiva de imprensa do técnico Guto Ferreira, que evitou comentar sobre o assunto. “Vocês estão rápidos, heim? Não perguntaram nem do jogo. Só posso dizer o seguinte para vocês: é assunto interno. Só”, disse o treinador. O presidente Marcelo Sant’Ana também falou sobre o assunto e endossou o discurso do treinador. “Internamente vamos ver o que aconteceu, vamos ouvir o jogador e a comissão técnica para o Bahia se posicionar”, esclareceu Sant’Ana. Sobre a atitude do jogador, o cartola Tricolor foi taxativo. “Atleta tem que entrar quando técnico quer”, afirmou.

Comentar

%d blogueiros gostam disto: