Salvador
27°
nuvens dispersas
umidade: 74%
vento: 3m/s L
máx: 29 • mín: 26
Weather from OpenWeatherMap

Gosta de exposição e arte? Confira a lista deste fim de semana

Gosta de exposição? Confira quais estão abertas ao público em Salvador-BA

14º Salão Bahia-Marinhas

‘Navegando pela Amazônia Azul’ é o tema dos trabalhos vencedores do 10º Salão de Fotografia do Mar e do 14º Salão Bahia-Marinhas, promovidos pelo Comando do 2º Distrito Naval, em Salvador. Cada um dos salões reúne 30 obras de técnicas variadas, que foram selecionados por comissões julgadoras independentes, formadas por docentes e especialistas em artes plásticas e fotografia.

Onde: Museu Náutico da Bahia
Data/Hora: 27, 28 e 29, das 9h às 18h
Valor:Gratuito

Navegantes
O Ciranda Gastronomia & Artes recebe a exposição inédita ‘Navegantes’ do fotógrafo soteropolitano Ricardo Sena. O trabalho é uma homenagem a Bom Jesus dos Navegantes e a centenária Galeota do Povo, por meio de fotografias realizadas entre 2011 a 2017. Os registros possuem um caráter documental-poético da mais tradicional procissão marítima de celebração popular, que também simboliza a renovação das esperanças a cada ano que se inicia, e todo o universo que a cerca.

Onde: Ciranda Café, Cultura & Artes
Data/Hora: Até o dia 28/01 (de seg a sáb: 12h00, aos domingos: 11h00
Valor: Grátis

Paisagens Culturais
A exposição presenta painéis com cerca de 4 X 2 metros de fotografias produzidas no final do século XIX de vários pontos da cidade de Salvador. São oferecidas essas imagens da antiga Salvador para que o público possa conhecer, apreciar e refletir acerca das mudanças ocorridas no centro da cidade, ao longo dos anos. CONTATO: 71 3117-6447
Onde: Passeio Público
Data/Hora: Seg a sex, 9h às 18h
Valor: Grátis

Fragmentos da Cor

Sob a curadoria do artista plástico Marcos Buarque, que também estará expondo, a mostra conta com participação Acácio Arouche (SP), Andrea Mottura (SP), Cláudia Gimenez (SP), Gessica Lima (BA), Inês Vitória (BA), Lucia Pegoraro (BA), Luciene Aguiar, Marcos Buarque e Marta Dutra.

Onde:Teatro Jorge Amado – Pituba
Data/Hora: qua a dom, das 14 às 19
Valor: Grátis

Mamdourado
A mostra foi inaugurada no dia 10, abrindo o calendário expositivo do museu. A exposição ‘MAMDOURADO’ é produzida pelo artista italiano Flavio Marzadro, que faz residência artística no local para desenvolvimento do seu projeto, que tem como objetivo “tornar dourado diversos pontos de Salvador”.
Onde: Museu de Arte Moderna da Bahia
Data/Hora: seg a dom, das 13:00 às 18:00
Valor: Grátis

Tropicália: régua e compasso 
A exposição fica aberta ao público até o dia 30 de março e comemora os 50 anos do movimento do tropicalismo incluindo na programação palestras e performances musicais. São obras das coleções de instrumentos-esculturas musicais de Walter Smetak e do acervo de Arte Popular do Solar Ferrão, além de obras dos artistas Lenio Braga e Carybé, do Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM).
Onde:Museu de Arte Moderna da Bahia
Data/Hora: ter a Sex – das 13:00 às 19:00 / Sáb e dom – das 14:00 às 19:00
Valor: Grátis

Shtim Shlim – O sonho de um aprendiz

Através de objetos gigantes expostos e das intervenções de atores, o grupo Os Tapetes Contadores de Histórias retorna à capital baiana para contar a saga do herói Shtim Shlim. Com direção artística da educadora e contadora de histórias ganesa, Inno Sorsy, a mostra conta com uma programação paralela gratuita que inclui roda de conversa e oficinas sobre a arte de contar histórias.
O público que comparecer à CAIXA Cultural Salvador nos sábados, domingos e feriados em que a mostra estiver em cartaz, além de apreciar a instalação, poderá assistir ao espetáculo teatral que conta a história de Shtim Shlim. Em cada um destes dias, ocorrerão duas sessões, sempre às 11h e 16h, com capacidade para 30 pessoas, com idade a partir de 6 anos. A entrada é franca e as senhas de acesso serão distribuídas com 30 minutos de antecedência ao início dos espetáculos. O critério de seleção será o da ordem de chegada.
Onde: CAIXA Cultural Salvador
Data/Hora:  8/1 a 12/2, ter a dom, 9h às 18h | Espetáculo: 7/1 a 12/2, sáb, dom e feriados, 11h e 16h | Oficinas: 10/1 a 13/1 e 31/1 a 3/2, 16h | Roda de conversa: 8/2, 17h
Valor: Grátis
71 3421-4200

World Press Photo
O projeto reúne os registros mais impactantes da imprensa mundial no ano de 2015. Serão 164 fotografias escolhidas no 59º concurso da organização. São imagens que retratam momentos culturais, sociais, políticos e ambientais, vivenciados em 2015.

O Brasil está representado pelo Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro, que foi cenário da série de fotos feita pelo espanhol Sebastián Liste. O país também está representado pelo fotógrafo paulista Maurício Lima, que foi premiado em duas categorias nesta edição da WPP e que já havia se sagrado vencedor do Prêmio Pulitzer em 2016, pela cobertura da crise dos refugiados do Oriente Médio, pelo jornal estadunidense The New York Times

Onde: CAIXA Cultural Salvador
Data/Hora: 13/12 a 29/1, ter a dom, 9h às 18h
Valor:Grátis
71 3421-4200

Só Cabeças
Com a ideia de reunir e cruzar trabalhos de artistas que se propõem a representar cabeças em diversas linguagens e épocas, nasce a exposição coletiva e internacional Só Cabeças, que apresenta obras em bordado, vídeo, gravura, pintura, fotografia, lambe-lambe, da escultura e serigrafia. A partir de conversas de um grupo de artistas sobre a questão da produção de cabeças em suas obras surgiu a proposta de convidar outros artistas baianos, brasileiros e de outras nacionalidades que trabalhassem com a mesma temática. O MAM e as Galerias Paulo Darzé, RV-Cultura e Arte e a Luiz Fernando Landeiro disponibilizaram seus acervos para a exposição. Entre os artistas que apresentarão obras estão, Mayra Lins, Renato da Silveira, Hirosuke Kitamura, Reinaldo Eckenberger Iansã Negrão, Alexia Zuñiga, Anderson Santos, Pedro Mariguella, Evandro Sybine, Vânia Medeiros, Nildão, Cecilia Tamplenizza, Rosa Bunchaft, entre outros. No dia da abertura, além de conhecer as obras da exposição, o público vai poder “mergulhar de cabeça” nos universo criativo de alguns dos expositores, que darão seus relatos sobre as peças expostas.

Onde: Museu de Arte Moderna da Bahia
Data/Hora: Até janeiro de 2017, 19h às 22h
Valor: Grátis

Mestres da Capoeira – Em Busca da Oralidade Perdida
A exposição reúne relatos de nove dos mais importantes Mestres de Capoeira baianos, que resultaram em uma interativa de registro das histórias e experiências vividas por eles e que vinha sendo transmitida pela oralidade e, portanto, com grande risco de perda. Todos os Mestres foram entrevistados pessoalmente e, destes encontros, foram feitos vídeos, textos, fotos e reprodução de objetos pessoais relevantes para a narrativa de suas histórias. A mostra é composta ainda por registros de jornais e materiais de época, além de outros elementos coletados em que apresentam ao público esta perspectiva da história, por ora, restrita aos mestres que viveram as experiências.

Onde: Centro Cultural Solar Ferrão (Pelourinho)
Data/Hora: 6/12 a 19/2/2017, ter a sex, 12h às 18h; sáb, dom e feriados, 12h às 17h
Valor: Grátis
71 3116-6743

%d blogueiros gostam disto: