Digite sua busca

 

 

Brasil Destaque Notícias Notícias em destaque Política

Coordenador do MBL aponta erros cometidos pelo movimento

Compartilhar

O coordenador nacional do Movimento Brasil Livre (MBL), Renan Santos, admitiu ter culpa por polarização política, afirmou que pretende mudar a forma como o grupo tem feito política nos últimos anos e declarou que eles buscam por “paz e amor”.

De acordo com o coordenador, um erro do MBL foi não ter se posicionado contra a ideia de intervenção militar defendida por Olavo de Carvalho. Outro erro apontado por ele foi que o movimento se baseou na especulação política para lidar com “inimigos” e isso acabou polarizando, o que, segundo ele, era “gostoso”. Para Renan Santos o caminho agora é simplificar a política.

O apoio que o MBL deu a candidatura de João Doria ao governo de São Paulo e a de Jair Bolsonaro no segundo turno das eleições presidenciais também foi um erro para Renan Santos. Mas ele ressalta que, no caso de Bolsonaro, eles não tinham muitas opções pois “se o PT chegasse ao poder, a gente teria uma guerra civil”.

    
 WhatsApp
 Baixe o aplicativo Sociedade Play
X