Salvador
25°
nuvens dispersas
humidity: 69%
wind: 6m/s ESE
H 25 • L 24
Weather from OpenWeatherMap

Queda de cabelo e caspa são temas do Sinta-se Bem de hoje (30)

Quem busca cabelos saudáveis costuma ficar sempre atento ao lançamento de novos produtos e tratamentos para cabelos e, em geral, culpa a mercadoria quando não testemunha grandes mudanças. Mas aquela caspa que não vai embora ou a própria queda de cabelo podem ser, na verdade, sintomas de diversos problemas relacionados à saúde e à dieta.

Para trazer esclarecimentos sobre os problemas, a dermatologista doutora Viviane Boccanera conversa com a apresentadora Olga Goulart, no Sinta-se Bem de hoje (30), a partir das 16h.

Queda de cabelo

A perda dos cabelos é um problema comum e que atinge milhões de pessoas em todo o mundo. Em primeiro lugar é fundamental que se faça uma distinção entre queda de cabelo e calvície. Homens, em geral, são os mais afetados pela calvície ou alopecia androgenética, embora muitas mulheres também sofram deste problema.

A calvície é a falta de cabelos na cabeça e inúmeros fatores podem causar perda dos cabelos. Dependendo da causa, há maneiras diferentes de lidar com o problema. A calvície masculina, o tipo mais comum, por exemplo, tem diversos tipos de tratamento, porém muitas pessoas acabam optando por não realizar nenhum tipo de tratamento e “assumem” a própria calvície.

A perda dos cabelos pode ser progressiva, no caso da calvície masculina, mas também pode acontecer de repente, no caso da alopecia areata. Pode acometer somente o couro cabeludo, mas também pode atingir todo o corpo. Alguns tipos de alopecia são apenas temporários, já outros são permanentes.

Caspa

A dermatite seborreica é uma inflamação crônica que normalmente se manifesta em partes do corpo onde existe maior produção de oleosidade pelas glândulas sebáceas. Quando essa afecção se instala no couro cabeludo, a denominamos de caspa.

Outra manifestação possível da caspa é através de um fungo de origem natural, denominado Malassezia, que se encontra no couro cabeludo de praticamente todas as pessoas. Esse fungo alimenta-se da oleosidade natural do couro cabeludo e fabrica subprodutos e ácidos que provocam irritação no couro cabeludo.

A caspa se manifesta sob a forma de lesões avermelhadas que descamam e coçam. Ela pode ser seca ou oleosa, sendo que a oleosa é conhecida como seborreia. A dermatite seborreica não é contagiosa e geralmente é considerada a forma mais grave de caspa, sendo uma afecção nas partes do corpo onde há maior produção de óleo por glândulas sebáceas.

Participe do programa:

Faça a sua pergunta através do telefone 3486 3201 ou pelo WhatsApp 9 9289 2732.

Sintonize na Rádio Sociedade 102.5 FM / 740 AM – Transmissão ao vivo também no Facebook e no Instagram @radiosociedadedabahia.

Comentar

%d blogueiros gostam disto: