Digite sua busca

 

 

ECBAHIA Notícias em destaque

Copa do Brasil: Eliminação causa prejuízo financeiro ao Bahia

Na primeira partida em uma competição a nível nacional em 2020, o Bahia visitou o River-PI pela primeira fase da Copa do Brasil nesta quarta-feira (5), às 21h30. A equipe baiana chegou para a partida com amplo favoritismo e acabou derrotado por 1 a 0.

Com uma fraca atuação, o Bahia conseguiu até criar algumas oportunidades, mas sem efetividade. O River do Piauí aproveitou e com um lance que vai ficar gravado na memória dos torcedores, saiu vitorioso com um gol de Jean Natal, aos 42 minutos do segundo tempo.

Essa é a primeira grande “zebra” da Copa do Brasil 2020, o River-PI disputa a Série D, quarta divisão do futebol nacional, enquanto o Bahia está na Série A.

Com a classificação, o time piauiense recebe a cota de R$ 650 mil pela participação na segunda fase. Enquanto o Bahia, que tinha projetado no orçamento inicial avançar, no mínimo, até as oitavas de final e arrecadar R$ 8,4 milhões na competição, tem direito a uma cota de ‘apenas’ R$ 1,1 milhão.

O treinador do tricolor baiano, Roger Machado, destacou a pressão que pode atingir a equipe devido ao resultado. “Sair na primeira fase nos entristece muito. A partir de agora, a gente sabe que a pressão aumenta muito, em cima do trabalho, dos jogadores”, falou.

Na sequência, as equipes disputam clássicos no fim de semana pela Copa do Nordeste. No sábado, o Bahia enfrenta o Vitória, às 18h, na Arena Fonte Nova. Já o River-PI recebe o América-RN, domingo, às 18h, no estádio Albertão, em Teresina.

Ficha Técnica:
Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes.
Auxiliares: Marcio Soares Maciel e Hugo Savio Xavier Correa
Cartões amarelos: Ronald, Cris, Emerson, Luccas Brasil, Jean Natal (RIV); Gregore, Juninho (BAH)
Gols: Jean Natal (RIV)

Escalações:

River-PI
Mondragon; Ronald, Cris, Felipe Barros e Matheus Muller (Biro Biro); Emerson, Gustavo Henrique, Jean Natal, Érico Junior e Luccas Brasil; Valdo Bacabal (Romário). Técnico: Marcelo Vilar.

Bahia
Douglas; João Pedro, Lucas Fonseca, Juninho e Juninho Capixaba; Gregore, Flávio e Daniel (Régis); Élber (Arthur Caíke), Clayson (Rossi) e Gilberto. Técnico: Roger Machado.

Foto: Victor Costa / River AC

    
 WhatsApp