Digite sua busca

 

 

Bahia Notícias em destaque

Safra baiana de grãos tem queda de 11,15% em 2019, aponta IBGE

A safra baiana de grãos em 2019 ficou em 8.283.660 de toneladas, 11,15% menor que a de 2018 (9.323.119 toneladas). É o que apontam as informações do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA), divulgadas hoje (8) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Entre os grãos, o destaque maior é para a produção do milho segunda safra, que, em 2019, ficou em 276 mil toneladas, o que representa uma alta de 482,2% em relação a 2018, quando a produção foi de 47,4 mil toneladas. A safra de feijão também teve um crescimento expressivo: de 117,6 mil toneladas, 357,2% a mais que 2018, que teve 25,7 mil toneladas produzidas.

Conforme o órgão, no ano passado, a Bahia deixou de produzir arroz. Em 2018, a produção chegou a 9.126 toneladas. A produção de mandioca foi a que mais teve queda entre as produções que continuaram ano passado. Em 2018, foi de 1,52 milhão de toneladas e, em 2019, de 963 mil toneladas.

No agronegócio, as culturas que mais se destacam são o algodão e a soja, plantadas em grande quantidade na região oeste. A produção de algodão herbáceo fechou 2019 com alta de 19,7% em relação a 2018, acima do previsto ao longo do ano passado, entre 15 e 17%.

Em 2019, a Bahia teve produção de algodão de 1,494 milhão de toneladas. Já em 2018 ,foi de 1,248 milhão de toneladas. A soja registrou queda de 14,98%, com produção de 5,3 milhões de toneladas, contra as 6,2 milhões de toneladas produzidas em 2018. Concentrada no sul da Bahia, a produção de cacau teve queda de 14,32% e fechou 2019 em 105.018 toneladas, contra 122.568 em 2018.

    
 WhatsApp
 Baixe o aplicativo Sociedade Play
X