Salvador
27°
nuvens dispersas
humidity: 69%
wind: 5m/s ESE
H 26 • L 25
Weather from OpenWeatherMap

Presidente da Câmara critica Justiça do Trabalho: “Nem deveria existir”

O presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM-RJ), deu declarações polêmicas nesta quarta-feira (8) sobre as mudanças da legislação trabalhista. De acordo com o demista, a Justiça do Trabalho “nem deveria existir”. Maia reclamou do excesso de regras para a relação entre patrão e empregado. O deputado fluminense ainda disse que a proposta de reforma produzida pelo governo é “tímida” e que a Câmara dará “um passo além” para avançar em todas as questões. O “passo além” sugerido por Maia vai desagradar o presidente Michel Temer. “Infelizmente, o presidente Michel não vai gostar, mas acho que a Câmara precisa dar um passo além daquilo que está colocado no texto do governo”, declarou.

“Apesar de o governo tentar nos convencer que devemos votar o texto que veio, eu acho que não. Acho que há temas em que precisamos avançar, como o trabalho intermitente e outras questões”, disse. Maia ainda acrescentou “que há um consenso da sociedade que esse processo de proteção (do trabalhador) na verdade gerou desemprego, insegurança e dificuldades para os empregos brasileiros. Então nós precisamos ter a coragem de dizer isso”, finalizou. Maia manteve o tom crítico e disse que “o excesso de regras no mercado de trabalho gerou empregos de investidores brasileiros no exterior, não gerou nada no Brasil”. “Gerou 14 milhões de desempregados”, resumiu.

Comentar

%d blogueiros gostam disto: