Salvador
24°
nuvens dispersas
umidade: 78%
vento: 3m/s SL
máx: 25 • mín: 23
Weather from OpenWeatherMap

Mais de 32 mil baianos estão na malha fina da Receita Federal

 

A Receita Federal liberou nesta quinta-feira(8) a consulta ao sétimo e último lote de restituição do Imposto de Renda de 2016. Ao todo são  32.192 baianos permaneceram retidos na malha, o que representa um aumento de quase 18% em relação a 2015.

No Brasil, foram contemplados 1.613.183 contribuintes. Também estão inclusas outras 104.413 restituições dos anos de 2008 a 2015. No total, a Receita fará o pagamento de R$ 2,5 bilhões. De acordo com a Receita, 771.801 brasileiros estão na malha fina, o que corresponde a 2,61% do total de declarações. A omissão de rendimentos do titular ou seus dependentes é o principal motivo para retenção das declarações.

No ano passado, foram 27.364 declarações retidas no estado. Outros 63.583 contribuintes foram contemplados e deverão receber o crédito relacionado ao exercício 2016 no próximo dia 15. Além destes, outros 4.547 baianos também foram contemplados e vão receber restituições relacionadas a exercícios entre 2009 e 2015. O último lote de restituições vai pagar na Bahia pouco mais de R$ 107 milhões.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na internet (www.receita.fazenda.gov.br), ou ligar para 146 no Receitafone. A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que facilita consulta às declarações do IR e situação cadastral no CPF. A restituição ficará disponível no banco durante um ano.

Se estiver na malha fina e quiser regularizar a situação, o contribuinte pode acessar o e-CAC (Centro de Atendimento Virtual) do órgão, na página da Receita. Lá é possível buscar informações, por meio do “Extrato do Processamento da DIRPF”, acessível mediante uso da certificação digital ou do código de acesso, e procurar a seção “pendências” para saber o que motivou a inclusão de sua declaração na malha fina.

Comentar

%d blogueiros gostam disto: