Digite sua busca

 

 

Brasil Justiça Notícias em destaque Política Sem categoria

1 a 0: STF retoma semana que vem votação sobre depoimento presencial do presidente Bolsonaro

Os ministros do Supremo Tribunal Federal voltam a julgar na semana que vem se o presidente Bolsonaro pode ou não depor por escrito no inquérito que investiga suposta interferência política na Polícia Federal (PF). Nesta quinta-feira( 8) o ministro decano Celso de Melo votou a favor do depoimento presencial.

Em seu voto, Celso, afirma que depor por escrito é uma prerrogativa exclusiva em casos que presidentes são testemunhas, e neste caso é investigado. Ainda de acordo com o ministro, o depoimento escrito pode impossibilitar o direito à ampla defesa.

Após o voto de Celso de Mello o julgamento foi interrompido, como um gesto de respeito ao ministro, que se aposenta na próxima terça-feira (13).

O processo foi aberto em maio, e tem como base as acusações do ex-ministro da Justiça Sergio Moro de que Bolsonaro planejou interferir na PF. Jair Bolsonaro nega qualquer tipo de ingerência na corporação.

    
 WhatsApp
 Baixe o aplicativo Sociedade Play
X