Digite sua busca

 

 

Notícias em destaque Política

Rui pede diálogo e menos política na definição de preços de combustíveis

Nesta terça-feira (11), durante o Fórum Nacional de Governadores, que aconteceu em Brasília, o governador Rui Costa rebateu o desafio lançado pelo presidente Jair Bolsonaro e propôs ao ministro de Economia, Paulo Guedes, que seja encontrado o caminho do diálogo e do entendimento nas relações entre estados e o governo federal, sem que a “política” defina o tom.

Este mês, o presidente da República, Jair Bolsonaro, prometeu que zeraria os impostos federais sobre os combustíveis caso os 27 governadores façam o mesmo com o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). O ICMS é o responsável pela maior parte da arrecadação dos Estados.

Segundo especialistas e os próprios estados, o corte impactaria serviços públicos como segurança, educação e até mesmo o salário dos servidores. O governador Rui Costa, as informações devem ser esclarecidas pelo governo federal.

“Quem faz o preço alto de combustível no Brasil é a rede oligopolizada de fornecimento e a posição da Petrobras em diminuir refino no Brasil e adquirir todo o derivado de petróleo do exterior”, disse Rui ao pontuar que a medida é uma estratégia da Petrobras e do Governo Federal. O governador destacou ainda que “não é o ICMS que define o preço da gasolina”, afirmou o governador.

Foto: Carlos Prates/GOVBA

    
 WhatsApp
 Baixe o aplicativo Sociedade Play
X