Digite sua busca

 

 

Brasil Notícias

Polícia perde imagens dos assassinos de Marielle no dia do atentado

Uma equipe de policiais responsável pelas imagens que identificariam os assassinos da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes, afirmou neste domingo (13) que perdeu os arquivos. A informação é do site UOL.

Segundo informações, as imagens teriam sido registradas cerca de três horas antes do atentado por um estabelecimento na Tijuca. O cobalt prata, veículo usado para cometer o crime, apareceria nas gravações e permitiria identificar os ocupantes.

Procurada, a Polícia Civil do Rio de Janeiro se limitou a informar que as investigações do caso estão sob sigilo.

    
 WhatsApp
 Baixe o aplicativo Sociedade Play
X