Salvador
25°
nuvens dispersas
humidity: 69%
wind: 6m/s SE
H 27 • L 25
Weather from OpenWeatherMap

Comissão de Ética pode suspender o mandato de Jean Wyllys

Membros do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar analisa hoje (13) o processo contra os deputado Jean Wyllys (Psol-RJ), que é acusado de ferir o decoro parlamentar ao cuspir no deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ). O episódio ocorreu em 17 de abril, no Plenário da Câmara, durante a votação da admissibilidade do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. A representação foi apresentada pela Mesa Diretora da Câmara.

De acordo com o presidente do Conselho de Ética, deputado José Carlos Araújo (PR-BA), Wyllys pode ser suspenso por até seis meses pelo “ato atentatório”, mas não corre o risco de ter o mandato cassado. “A mesa diretora não pediu a cassação dele. Ele pode, sim, ser suspenso pela acusação, mas não cassado”, afirmou em entrevista para a Rádio Sociedade, durante o programa Sociedade Urgente.

De acordo com a assessoria de Jean Wyllys, o deputado não premeditou a ação de cuspir em Bolsonoro, o que teria ocorrido após ser provocado com insultos homofóbico.  Foram usadas expressões como “veado”, “boiola” e outras de baixo calão, se defende. A assessoria também declarou que vai esperar a decisão do Conselho de Ética para definir o próximo passo sobre o caso. A assessoria de Bolsonaro não se manifestou sobre o caso.

Comentar

%d blogueiros gostam disto: