Digite sua busca

 

 

Notícias em destaque Política

Ex-ministro de Bolsonaro, Gustavo Bebianno morre de infarto fulminante

Gustavo Bebianno, ex-ministro de Jair Bolsonaro e pré-candidato a prefeito do Rio, morreu na manhã deste sábado (14) em Teresópolis, Região Serrana do Rio, após um infarto fulminante, aos 56 anos. A informação é do presidente estadual do PSDB, Paulo Marinho.

Bebianno estava em seu sítio junto com o caseiro e seu filho. Ele passou mal e sofreu uma queda e sofreu ferimentos na cabeça. Logo após, morreu após ser levado a um hospital.

O ex-ministro foi confirmado no último dia 5, pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB), como pré-candidato à Prefeitura do Rio de Janeiro. Segundo o partido, o lançamento oficial da candidatura seria em 4 de abril.

Bebianno ocupou a Secretaria-Geral da Presidência durante um mês e 18 dias. Ocupou também o cargo de presidente do PSL. Após a primeira crise política do governo Bolsonaro, devido ao uso do PSL de candidaturas “laranjas” nas eleições de 2018, o ex-ministro entrou em conflito com a família Bolsonaro.

Foto: Wilton Junior/Estadão Conteúdo

    
 WhatsApp
 Baixe o aplicativo Sociedade Play
X