Digite sua busca

 

 

Diversos Meio Ambiente Notícias em destaque

Operação da PF investiga origem das queimadas no Pantanal

Agentes da Polícia Federal de Mato Grosso realizaram na manhã desta segunda-feira (14) buscas pelos responsáveis pelas queimadas na região de Corumbá, em Campo Grande.

A operação batizada como Matáá [na língua tupi significa fogo] faz alusão aos índios pantaneiros que vivem nas proximidades das áreas atingidas pelo incêndio.

De acordo com a nota expedida pela PF, os danos ambientais causados pelas queimadas no Pantanal superam mais de 25 mil hectares, atingindo áreas de preservação permanente e os limites do Parque Nacional do Pantanal sul-mato-grossense e da Serra do Amolar.

Ainda segundo os agentes da Polícia Federal, os envolvidos responderão pelos crimes de dano a floresta de preservação permanente, dano direto e indireto a unidade de conservação, incêndio e poluição; penas podem chegar a 15 anos de prisão.

Foto: Mayke Toscano/Secom-MT

    
 WhatsApp