Digite sua busca

 

 

Mundo

Primeiro-ministro russo apresenta renúncia de seu governo

O primeiro-ministro da Rússia, Dimitri Medvedev, apresentou hoje (15) sua renúncia do seu governo ao presidente Vladimir Putin. De maneira surpreendente, o anúncio foi feito após o chefe de Estado realizar um discurso sobre reformas da Constituição.

“Nós, enquanto governo da Federação da Rússia, devemos dar ao presidente do nosso país os meios de tomar todas as medidas que se impõem. É por esse motivo que o governo, em seu conjunto, entrega sua demissão”, disse.

Mais cedo, Putin propôs uma votação sobre mudanças constitucionais que, caso sejam aprovadas, vão transferir poderes da presidência ao Parlamento e ao primeiro-ministro. A medida é vista como uma maneira de permitir que Putin siga no comando do país mesmo após deixar o Kremlin.

Putin está no poder desde 1999, como presidente ou primeiro-ministro. Ele deve sair em 2024, ao fim do seu quarto mandato presidencial. De acordo com a atual constituição, é proibido a qualquer pessoa cumprir mais de dois mandatos presidenciais sucessivos, o que impediria Putin de voltar a concorrer de maneira imediata.

    
 WhatsApp
 Baixe o aplicativo Sociedade Play
X