Digite sua busca

 

 

Notícias em destaque Política

ACM Neto anuncia corte no salário de prefeito e vice-prefeito

O prefeito de Salvador, ACM Neto, confirmou nesta quarta-feira (15) a redução de 30% no próprio salário e do vice, Bruno Reis. O anúncio foi feito durante a inauguração da unidade de acolhimento emergencial para população em situação de rua, no bairro Liberdade. Durante entrevista ao programa Conexão Sociedade, ele disse que a decisão foi tomaada após a queda da arrecadação de impostos, inclusive o Imposto Sobre Serviço (ISS).

“Estamos preocupados com os efeitos dessa crise por conta da pandemia do coronavírus nas contas do município. O ISS é o tributo mais importante da cidade e o registro de queda nesse início de crise é de, pelo menos, 30%”, declarou o prefeito.

Neto garantiu que não irá demitir e nem reduzir o salário dos servidores públicos, mas irá renegociar contratos. “Vamos chamar fornecedores e prestadores de serviço para que deem descontos nos serviços prestados”, disse.

ACM Neto, que também é presidente nacional do Democratas falou sobre o alinhamento do seu partido com o ministro da Saude, Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS) e criticou o relacionamento entre o ministro e o presidente Jair Bolsonaro.

“A gente percebe uma desorientação completa no Governo Federal. Se em condição normal já seria um absurdo o presidente da república estar brigando com seu ministro, pior é no meio do enfrentamento de uma crise como esta. É inacreditável ver o presidente desautorizar o seu ministro”, afirmou.

Segundo Neto, a postura de Bolsonaro é surreal e elogiou o trabalho do ministro Mandetta, classificando-o como exemplar, pelo equilíbrio como vem conduzindo a pasta. “Pena que Bolsonaro não reconheça isso, pelo contrário, coloca em dúvida o trabalho do ministro”, finalizou.

Ouça o prefeito sobre os cortes:

Ouça o prefeito sobre o ministro Mandetta:

Tags:

Leia também

    
 WhatsApp
 Baixe o aplicativo Sociedade Play
X