Digite sua busca

 

 

Notícias em destaque Política

STF mantém sessões presenciais, mas restringe circulação de pessoas

Da Agência Brasil

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, declarou ontem (16) que a Corte vai manter as sessões presenciais de julgamento mesmo diante da pandemia do novo coronavírus. No entanto, segundo o ministro, as restrições para impedir aglomerações de pessoas serão mantidas pelo tribunal, que também vai ampliar o sistema eletrônico de julgamentos virtuais.

A decisão foi anunciada pelo presidente após reunião que teve a participação dos presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e do Senado, Davi Alcolumbre. O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, também participou do encontro e apresentou dados sobre o combate à disseminação do vírus em todo o país. 

“Ele [Mandetta] passou todas as informações que são de conhecimento, os cuidados que devemos ter, como não cumprimentar, temos que manter uma distância, lavar as mãos e passar álcool em gel constantemente. Ele demonstrou conhecimento profundo sobre toda a evolução do coronavírus”, explicou Toffoli. 

No STF, vários ministros da Corte têm mais de 60 anos e estão no grupo de maior risco de terem complicações por Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus. Entre eles, o decano da Corte, ministro Celso de Mello, tem 74 anos. 

Mais cedo, o Superior Tribunal de Justiça (STJ), o Superior Tribunal Militar (STM) e o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) anunciaram o cancelamento das sessões para evitar a circulação de pessoas. 

    
 WhatsApp
 Baixe o aplicativo Sociedade Play
X