Digite sua busca

 

 

Educação Notícias em destaque

Alba aprova projeto que declara Anísio Teixeira como patrono da Educação na Bahia

A Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) aprovou nesta quinta-feira (16), o Projeto de Lei (PL) n° 23.931/2020 que nomeia o educador baiano Anísio Teixeira como patrono da Educação no estado. O PL aguarda a sansão do governador Rui Costa e a publicação no Diário Oficial do Estado.

Anísio Spínola Teixeira nasceu no dia 12 de julho de 1900, na cidade de Caetité (636 km de Salvador), e morreu no Rio  de Janeiro, no dia 11 de março de 1971. Ele foi bacharel em Direito, gestor público, intelectual e educador. Nas décadas de 1920 e 1930, ele difundiu as ideias do movimento denominado “Escola Nova”, cujo foco foi a renovação pedagógica da escola.

No período de 1924 a 1928, Anísio Teixeira conduziu, na Bahia, a gestão de governo para a Educação, empreendendo a tarefa de avaliar as condições materiais e pedagógicas das escolas baianas.  Já no período entre 1947 e 1950, uma de suas iniciativas mais importantes como secretário de Educação e de Saúde foi a construção do Centro Popular de Educação Carneiro Ribeiro, popularmente conhecido como Escola Parque, localizada na Caixa D’água, em Salvador, fundada em 1950.

O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, falou sobre a aprovação. “Este é um presente para todos nós, baianos, que devemos reverenciar a memória e toda a obra de Anísio Teixeira. Ele foi um visionário, sempre esteve à frente do seu tempo, pensou na escola pública, na educação em tempo integral, no financiamento da Educação, na formação dos professores, em sistema de Nacional de Educação”, afirmou. 

O presidente da Alba, deputado Nelson Leal, também falou sobre o significado deste ato. “Tenho imenso orgulho e a grande honra de ter comandado esta votação de hoje da Alba, que concedeu, por unanimidade dos 63 deputados, a Anísio Teixeira, esse grande baiano de Caetité e inventor da escola pública no Brasil, o título de Patrono da Educação na Bahia, através de uma bela iniciativa do secretário da Educação, Jerônimo Rodrigues, e do governador Rui Costa”, afirmou.

    
 WhatsApp