Digite sua busca

 

 

Notícias em destaque Salvador

Coronavírus: “Eu tenho consciência dos efeitos dessas medidas, mas não temos escolha”, declara ACM Neto

Após anunciar nesta segunda-feira (18), a prorrogação dos decretos que suspendem as atividades de serviços não essenciais na capital baiana, o prefeito ACM Neto rebateu as críticas de manifestantes que protestaram no último domingo (17).

De acordo com o gestor, a prefeitura está ciente dos impactos que as medidas de isolamento podem gerar, mas, são necessárias. “Eu tenho consciência dos efeitos dessas medidas na economia, na vida das pessoas, mas não temos escolha, não temos dois caminhos possíveis, só temos um caminho”, declarou Neto.

O prefeito ressaltou que a fraca movimentação do comércio não está relacionada somente às medidas restritivas, mas também, a falta de confiança da população em transitar em meio à pandemia. “Não há hipótese de a gente imaginar que o comercio vai voltar de verdade com um decreto meu, não é um decreto meu que vai fazer o comercio funcionar. O que vai fazer o comercio voltar é a confiança das pessoas. Não adianta os shoppings, o comercio voltar se a pessoa não tem confiança”, comentou.

Em relação ao uso de recursos federais, ACM Neto lembrou que o último ato do ministro Nelson Teich, que pediu demissão no último dia 15, foi habilitar 39 UTIs para uso da prefeitura. Apesar de ser necessária, não é o suficiente. “O número ainda é muito inferior (ao que a cidade precisa), mas ainda é o começo”, finalizou.

Foto: Reprodução

    
 WhatsApp
 Baixe o aplicativo Sociedade Play
X