Digite sua busca

 

 

Notícias em destaque Salvador SAÚDE

Call Center: 30% do efetivo trabalhará em ‘home office’ a partir de segunda-feira (23)

Após funcionários de call center protestarem em Salvador contra rotina de trabalho diante da pandemia do coronavírus, a prefeitura determinou que 30% do total dos trabalhados de cada uma das empresas atuem de casa. As empresas de call center e telemarketing empregam cerca de 20 mil pessoas. A medida é válida pelo prazo inicial de 15 dias, a partir da próxima segunda-feira (23).

De acordo com o prefeito ACM Neto, a preocupação com a economia é importante, mas a vida das pessoas é o mais importante neste momento.

“Quando podemos conciliar as duas coisas, é o caminho recomendado. Essas empresas geram muitos empregos em nossa cidade, mas também recebemos, sobretudo via redes sociais, várias demandas para que a Prefeitura atuasse junto a elas. Dialogamos com o setor e adotamos as medidas”, afirmou.

Além disso, funcionários dessas empresas que pertençam ao grupo de risco do Covid-19, como é o caso dos idosos acima de 65 anos, gestantes e pessoas que utilizam medicamentos imunossupressores, devem ser dispensados da ida ao trabalho. A Prefeitura determinou ainda medidas de limpeza e higienização, com a disponibilização de álcool em gel, e a recomendação que máscaras sejam distribuídas entre os empregados. Todas essas determinações serão alvo de fiscalização.

    
 WhatsApp
 Baixe o aplicativo Sociedade Play
X