Salvador
26°
nuvens quebrados
humidity: 65%
wind: 6m/s SE
H 26 • L 25
Weather from OpenWeatherMap

Policial é preso por mortes e sequestro de filho do dono das Muquiranas na Bahia

 

Foto:  Marcos Borges Vidal e seu amigo agiota Andrew Trindade Vieira, encontrados mortos  na Estrada do CIA, em Simões Filho.

 

O soldado da Polícia Militar Marcos Vinícius de Jesus Borges Ciriaco, de 32 anos, foi preso suspeito de sequestrar e matar um agiota e um amigo em Salvador, segundo informação divulgada pela Polícia Civil, nesta segunda-feira (19). O crime ocorreu no dia 13 de outubro, e o suspeito foi localizado na última sexta-feira (16).

Outras duas pessoas, um policial reformado, Juraci Belo Santos, e um homem ainda não identificado, também são suspeitos de envolvimento no duplo homicídio e estão sendo procurados. A motivação do crime é investigada.

O soldado Marcos Vinícius é lotado na unidade especilizada da PM Rondesp/ BTS e segundo a polícia também é suspeito do sequestro relâmpago de Washington Lázaro Paganelli de Carvalho Júnior, filho do proprietário do bloco de travestidos As Muquiranas, tradicional no carnaval de Salvador. O crime ocorreu no dia 11 de julho de 2016.

O PM Marcos Vinícius foi preso dentro da unidade em que trabalha, no bairro do Bonfim, por equipes da Força Tarefa da Secretaria de Segurança Pública (SSP/BA) e do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco).

No dia 13 de outubro, ele e os outros dois comparsas abordaram o agiota Andrew Trindade Vieira e o amigo dele Marcos Borges Vidal, no bairro da Federação, em Salvador. As vítimas foram levadas pelo trio e foram encontradas mortas na noite do mesmo dia, na Estrada do CIA, em Simões Filho, região metropolitana de Salvador.

Já Washington Paganelli Júnior, segundo a polícia, foi abordado por quatro homens, no bairro da Vila Laura, quando saia de casa para trabalhar. A vítima teve R$ 1,5 mil e um relógio roubados e foi liberada horas depois em uma pedreira, também em Simões Filho. A polícia busca identificar os outros três homens que participaram do crime.

O soldado Marcos Vinicius está preso no Batalhão de Choque da PM, em Lauro de Freitas, também na região metropolitana. Ainda conforme a Polícia Civil, equipes da Corregedoria da Polícia Militar participaram da prisão de Marcos e acompanham desde o início as investigações.

Em nota, a a PM informou que o policial militar foi apresentado na Corregedoria da PM na sexta-feira (16) e permanece custodiado na Coordenadoria de Custódia Provisória, em Lauro de Freitas. A Corporação divulgou que vai instaurar um Processo Administrativo Disciplinar (PAD), que pode resultar na expulsão do soldado.

Comentar

%d blogueiros gostam disto: