Digite sua busca

 

 

Notícias em destaque

Após 21 dias o antigo Couto Maia é desocupado

Através de ação da Polícia Militar da Bahia o prédio onde ficava localizado o Hospital Couto Maia, onde funcionará o primeiro hospital de Cuidados Paliativos da Bahia, foi desocupado no início da manhã desta sexta-feira (20).

O Governo do Estado negociava a saída dessas pessoas desde o final de novembro, quando começou a ocupação do prédio público, que armazena cerca de R$ 25 milhões em equipamentos e materiais cirúrgicos utilizados pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab).


O prédio do antigo Couto Maia, está em processo licitatório para reforma e adaptações para implantação do Hospital Estadual de Cuidados Paliativos. Destinado a pessoas com doenças terminais, em sofrimento, como cânceres e falências de órgãos.

Segundo o governo do estado, 25 das famílias que estavam no local são beneficiadas com o Aluguel Social. Elas aguardam, dentro do prazo de entrega ainda vigente, as suas unidades habitacionais, asseguradas durante o processo de negociação feito pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano (Sedur). Assistentes sociais desta secretaria realizaram o levantamento da situação das demais famílias, acompanhados pelas lideranças do movimento, a fim de possibilitar a inclusão delas no Cadastro Estadual da Casa da Gente.

Fotos: Pablo de Morais

    
 WhatsApp
 Baixe o aplicativo Sociedade Play
X