Digite sua busca

 

 

Brasil Notícias Notícias em destaque

Com Bolsonaro, importação de armas atinge maior índice da história

O número de revólveres e pistolas importados bateu recorde nos oito primeiros meses deste ano. Entre os meses de janeiro e agosto, 37,3 mil revólveres e pistola chegaram ao país, sendo 25,6 mil deles somente no mês em agosto. Os resultados foram obtidos pelo jornal Folha de S. Paulo, em registros do Ministério da Economia.

No mesmo período, as compras somaram US$ 15 milhões, resultado maior que o dobro do registrado nos oito primeiros meses do ano passado. O resultado é ligeiramente maior do que os registrados em 2005, por exemplo, quando foram importadas foram 26 unidades, com valor total de US$ 7.200.

A alta ocorre em meio à flexibilização de algumas regras através de um decreto do presidente Jair Bolsonaro, editado em maio deste ano. Até o ano passado, a importação de armas era proibida quando existissem produtos similares fabricados no Brasil. No entanto, a restrição foi derrubada com a medida.

Foto: Akemi Nitahara/Agência Brasil

    
 WhatsApp