Salvador
26°
nuvens quebrados
humidity: 65%
wind: 6m/s SE
H 26 • L 25
Weather from OpenWeatherMap

Funcionária baleada em prédio da Caixa não resiste e morre no Centro cirúrgico do HGE

Foto: Carlos Motta | Rádio Sociedade da Bahia

A funcionária Marinoelia Andrade dos Santos, 51 anos, morreu no Hospital Geral do Estado (HGE) nesta quarta-feira (21). Marinoelia iria completar 52 anos daqui a dez dias, na véspera do ano novo. Ela não resistiu a uma operação e morreu no centro cirúrgico.

Segundo Anselmo Cunha, superintendente da Caixa em Salvador o enterro da funcionária será em um município do interior baiano. Foram atingidas as assistentes Jucilene Matos Silva, que está internada no Hospital São Rafael, e Marinoelia. Jorge Oliver também foi levado para o Hospital São Rafael. As unidades de saúde não informaram sobre o estado de saúde das vítimas.

Marinoelia foi uma das duas mulheres baleadas por Glei Mario de Lemos Leal, 51, no prédio da Caixa Econômica Federal na Avenida Paralela. Ele queria atingir o chefe, o coordenador Jorge Silva Oliver, mas acabou baleando duas colegas. Depois, Glei Mario se matou.

De acordo com colegas de trabalho, Glei Mário discutiu com o coordenador de sua equipe, saiu e, ao retornar, tentou atirar contra o chefe, que conseguiu se desviar dos disparos, sofrendo apenas uma luxação no ombro, após cair. Outras duas colegas foram atingidas na cabeça.  Já o atirador, depois dos disparos, se matou.

Glei Mário trabalhava na Caixa havia 27 anos. O caso será investigado pela Polícia Federal com o apoio da 9ª Delegacia Territorial (DT / Boca do Rio).

Comentar

%d blogueiros gostam disto: