Digite sua busca

 

 

Notícias Notícias em destaque Política

Hacker confessa invasão a celulares de Moro e Dallagnol

Um dos presos na Operação Spoofing, Walter Delgatti Neto confirmou, em depoimento à Polícia Federal, ter participado da invasão do celular do ministro da Justiça e Segurança, Sérgio Moro, de procuradores da Força-Tarefa da Lava-Jato, como Deltan Dallagnol, além de outras autoridades.

De acordo com a colunista Bela Megale, do jornal O Globo, ele foi o primeiro dos quatro presos a depor. Delgatti depôs ao órgão na noite de ontem, quando a operação foi deflagrada. Na tarde de hoje, estão depondo o casal Gustavo Santos e Suellen Priscila de Oliveira.

Na semana passada, o jornalista do site The Intercept Brasil, Glenn Greenwald, que publicou as conversas envolvendo as autoridades, chegou a declarar que uma operação aconteceria.

“Apesar da abundância de provas da autenticidade do material, publicadas pelos diferentes veículos, diversas fontes disseram ao Intercept ao longo dos últimos dias que a Polícia Federal, durante o afastamento do ministro Sérgio Moro, está considerando realizar essa semana uma operação que teria como alvo um suposto ‘hacker’, que supostamente seria a fonte do arquivo. Esse suposto hacker seria estimulado a ‘confessar’ ter enviado o material ao Intercept e que esse material teria sido adulterado”, disse.

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

    
 WhatsApp
 Baixe o aplicativo Sociedade Play
X