Digite sua busca

Notícias em destaque Salvador

Multas por excesso de velocidade crescem 33% no 1º semestre em Salvador

Os motoristas de Salvador cometeram mais infrações de trânsito no primeiro semestre de 2020, em comparação com o mesmo período do ano passado. Esse crescimento é registrado em meio à pandemia de Covid-19 e das medidas de isolamento social recomendadas. De acordo com a Transalvador, de janeiro a junho do ano passado foram 259.736 infrações e, este ano, 274.364, um aumento de 5,63%.

A marca foi atingida especialmente pelas infrações de excesso de velocidade e avanço de sinal vermelho, registradas pela fiscalização eletrônica. Ambas são consideradas as principais responsáveis por acidentes de maior gravidade no trânsito. Segundo o órgão, alguns condutores consideraram que as ruas mais vazias permitiria ignorar os limites de velocidade.

De janeiro a junho de 2019, a Transalvador registrou 139.668 infrações por excesso de velocidade, contra 186.165 este ano, um aumento de 33% no número de autuações. Exceder em até 20% a velocidade máxima permitida foi o mais comum. Foram 174.439 registros, 32% a mais quando comparado ao mesmo período de 2019, com 132.039 condutores autuados por esta infração.

Já para avanço de sinal, o crescimento foi ainda maior. Entre janeiro e junho de 2019, a Transalvador registrou, através da fiscalização eletrônica, 8.365 condutores que desrespeitaram o sinal vermelho para passagem de veículos. Este ano, o número saltou para 14.703, 76% a mais apenas neste primeiro semestre. A terceira infração mais registrada no período foi transitar em via exclusiva para ônibus, com 17.670 condutores autuados.

Os locais com maior número de registro de excesso de velocidade são a Rua João Gomes, no Rio Vermelho, com 11.193 autuações, seguido pela Avenida Luís Eduardo Magalhães, com 8.815 autos, e a Avenida Presidente Castelo Branco (Vale de Nazaré), com 7.790 veículos autuados no período analisado.

    
 WhatsApp