Digite sua busca

 

 

Bahia Notícias em destaque Pandemia Salvador SAÚDE

“Algumas pessoas não vão tirar a máscara tão cedo”, alerta infectologista

“Estamos quase chegando lá”, afirmou a diretora do Instituto Couto Maia, Ceuci Nunes, sobre o fim da pandemia do coronavírus.

Ela destacou que poucos países têm registrado aumento do número de casos atualmente e que o avanço da vacinação tem barrado o espalhamento do vírus e reduzido o número de óbitos e internamentos pela doença.

“A pandemia certamente não acabou. A pandemia está em descenso, são pouquíssimos os países que está tendo agora o aumento no número de casos. O aumento no número de casos provavelmente pela Ômicron BA.2 que é mais infectante, mas que como pegou a população na maioria dos países já vacinadas, não está causando tantos óbitos, nem tantos internamentos em UTI. Então assim, eu acho que está muito próximo do fim, estamos quase chegando lá, eu digo sem medo nenhum de errar”, esclareceu a infectologista.  

A médica infectologista também apontou que o Governo do Estado deve retirar em breve a obrigatoriedade do uso de máscaras em locais abertos, mas alertou que “algumas pessoas não vão tirar a máscara tão cedo”, como idosos e pessoas com comorbidades.

Ceuci Nunes ainda acredita que as pessoas manterão o equipamento de proteção em locais fechados e poucos ventilados por algum tempo.

“Existem algumas pessoas que não vão tirar a máscara tão cedo, que serão os idosos, mesmo os vacinados, porque a gente sabe que a vacina no idoso em geral, ela dá menos imunidade, e para Covid isso também se comprovou. Então os idosos, as pessoas com comorbidades e os imunossuprimidos, eles vão precisar usar máscara por muito mais tempo. Provavelmente o governo do estado vai anunciar em breve, retirar a máscara em locais abertos, que não esteja com grande aglomeração, mas eu acho que em lugares fechados, pouco ventilados, a gente vai continuar ainda por um tempo utilizando a máscara”, alertou Ceuci Nunes.

Foto: Reprodução / Instituto Couto Maia

Tags:

Leia também