Digite sua busca

 

 

Brasil Notícias Notícias em destaque SAÚDE

Amazonas: Com hospitais lotados e sem oxigênio, pacientes de Covid-19 serão transferidos para outros estados

Com os hospitais lotados e sem oxigênio para os pacientes infectados com coronavírus, o estado do Amazonas está passando por um colapso no sistema de saúde local. Por conta disso, cerca de 235 pacientes serão levados a outros estados para que possam receber atendimento médico.

Segundo o governador Wilson Lima, os lugares que devem atender os pacientes amazonenses são: Piauí, Goiás, Brasília, Maranhão, Brasília, Paraíba e Rio Grande do Norte. O governo diz ter feito um estudo dos estados para decidir quais participariam do acolhimento aos pacientes para que não sobrecarregassem a rede assistencial de outras regiões.

Os traslados começam ainda nesta quinta-feira (14). O Coronel Franco Duarte, representante do Ministério da Saúde, afirmou que serão transportados pacientes com estado de saúde considerado em fase moderada da doença.

“São pacientes que ainda continuam dependentes do oxigênio, mas eles têm toda a segurança plena para serem aerotransportados. O paciente do Amazonas que subir na aeronave terá toda a segurança e assistência, com cobertura até de assistentes psicossociais, para não haver falha nenhuma“, afirmou.

Já o secretário da Saúde do Amazonas, Marcellus Campêlo, informou que o estado passa por uma crise no abastecimento de oxigênio. Além disso, Campêlo afirmou que o Ministério da Saúde, o governo do Amazonas e as Forças Armadas estão trabalhando no apoio logístico para a entrega de oxigênio para a rede estadual de saúde.

“Tivemos um pico de fornecimento e aumento da demanda acima do esperado. Fomos comunicados ontem à noite do colapso do plano logístico em relação a algumas entregas, o que causará a interrupção da programação por algumas horas”, finalizou.

O governador Rui Costa afirmou na tarde desta quinta-feira (14), que o estado da Bahia irá disponibilizar 30 leitos para os pacientes do estado de Amazonas. “Acabei de ligar para o governador do Amazonas, Wilson Lima, manifestando solidariedade. Coloquei 30 leitos à disposição dos pacientes amazonenses menos graves. Responsabilidade e solidariedade são palavras de ordem p vencermos esta guerra q já vitimou mais de 200 mil brasileiros”, escreveu em seu twitter.

Foto: Ingrid Anne/Fotos Públicas

Tags:

Leia também


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143