Digite sua busca

 

 

Bahia Justiça Notícias em destaque Polícia Salvador

Amigos e parentes realizam caminhada em protesto contra a morte da adolescente Cristal Rodrigues

Amigos, parentes, estudantes e pais de alunos realizam na manhã desta segunda-feira (08), em frente ao Palácio da Aclamação, em salvador, uma caminhada em protesto contra a morte da adolescente Cristal Rodrigues Pacheco, de 15 anos. Bastante comovidos, eles seguravam cartazes com frases pedindo por justiça e paz.

Cristal foi morta por duas mulheres no dia 02/08, quando estava a caminho da escola, acompanhada de sua mãe e sua irmã mais nova, em uma tentativa de assalto. O crime é apontado como latrocínio (roubo seguido de morte), mesmo as suspeitas não tendo levado nenhum pertence da vítima.

Fábio Nascimento Rodrigues, pai de uma estudante, pediu por justiça e falou sobre a segurança pública em Salvador. Ele lembrou de vítimas que morreram por conta da criminalidade.

“Quem está aqui são pais e mães, querendo segurança para os seus filhos. O que estamos fazendo aqui é pedindo segurança. Esse movimento aqui é em prol da Cristal, é o mínimo que podemos fazer nesse momento. É uma homenagem e o nosso pedido de socorro. Nós estamos pedindo socorro porque os nossos filhos tem o direito de ir e vir, porque os nossos filhos não podem ir mais a escola. Os nossos idosos, os nossos jovens não podem mais fazer cooper. Os nossos jovens não podem pedalar. Nós não podemos trabalhar, porque morreu uma criança indo para o colégio. Morreu uma senhora que estava na rua porque estava andando. Morreu um jovem porque estava pedalando. E uma moça levou um tiro no rosto porque estava indo ao trabalho. Ou seja, nós estamos presos e os marginais estão soltos. O que eu quero deixar bem claro é que eu não estou sendo contra a polícia. Não estou sendo contra a ninguém. Nem os próprios homens da violência. Não sou contra a ninguém. O que eu sou contra é esse código penal, o que eu sou contra é essa justiça que nós temos, onde o cidadão mata e o cidadão é vítima. Onde o cidadão que mata, a família dele recebe todo apoio, onde eles tem advogado, enquanto o pai, a mãe que perdeu o filho fique à mingua”, questionou Fábio Nascimento.

A estudante Mariana Guedes, amiga de Cristal, que também pediu por justiça, disse que a jovem foi consequência da falta de segurança e responsabilidade do Governo. Mariana pediu por mais segurança e questionou a falta de investimento do Governo na área da segurança pública.

“Sendo sincera, eu acho uma vergonha, porque foi Rodrigo, foi Esperança, foi Cristal, foi Maria de Lourdes, quem é que vai ser o próximo se continuar assim. A gente está aqui principalmente para exigir, a gente está exigindo a minha segurança, a segurança dos meus colegas, a segurança de todos os estudantes de Salvador, não só estudantes como cidadãos aqui de Salvador. A gente está realmente indignado com tudo que está acontece. Essa semana está sendo uma semana extremamente violenta, e nós não estamos vendo nenhum movimento policial. Sincero e honestamente eu não vi em momento nenhum, nenhum policial tomando a frente, nenhum policial falando que agora vai mudar, nenhuma mudança. Então, porque não investir, porque não investir na minha segurança, na dos meus colegas, porque não. Porque, como foi Cristal, pode ser alguém outro dia. Simplesmente Cristal foi a consequência da falta de segurança e responsabilidade do nosso Governo, isso é nítido. Então, de verdade, nós estamos aqui indignados com tudo o que está acontecendo. Tudo o que aconteceu no inicio desse mês, e nós queremos justiça. Nós queremos justiça por Cristal, nós queremos justiça por Rodrigo, nós queremos justiça por Esperança, nós queremos justiça por Maria de Lourdes. A gente não vai parar. Esse é só o começo. Esse não é o fim. Esse é apenas o começo”, declarou a estudante.

Confira mais fotos e vídeos do ato:

Fotos e vídeos: Adriana Planzo / Rádio Sociedade da Bahia

Tags:

Leia também