Digite sua busca

 

 

Destaque Mundo Notícias Notícias em destaque Pandemia SAÚDE

Anticorpos contra a Covid-19 são encontrados em leite materno

Um estudo publicado na revista científica americana “The Journal of the American Medical Association (JAMA)”, identificou dois anticorpos específicos contra o novo coronavírus (IgA e o IgG) em leite materno produzido por mulheres que foram imunizadas.

De acordo com os pesquisadores, o leite materno pode produzir anticorpos contra o coronavirus aos recém-nascidos que forem amamentados. Entretanto, para que haja a conclusão, é necessário que sejam realizados novos estudos específicos.

 “Os anticorpos encontrados no leite materno dessas mulheres mostraram fortes efeitos neutralizantes, sugerindo um potencial efeito protetor contra infecção em bebês”, afirmam os cientistas no artigo sobre a pesquisa.

Um grupo de 84 mulheres em Israel foi acompanhado pelos pesquisadores, entre 23 de dezembro de 2020 e 15 de janeiro deste ano, que confirmaram a presença dos anticorpos no leite. Todas as mães receberam as duas doses da vacina fabricada pela Pfizer-Biontech e o intervalo de 21 dias entre as doses foi devidamente respeitado.

A análise foi feita após colherem amostras do leite materno antes e depois da administração da vacina. Ao todo, foram colhidas 504 amostras de leite materno.

Dentre as amostras colhidas na primeira semana, 61,8% apresentaram anticorpos IgA contra a Covid. Após a segunda dose da vacina, esse percentual sobe para 86,1%.

Apesar da existência dos anticorpos, pesquisadores apontam que não há uma comprovação de que os bebês fiquem protegidos somente ingerindo o leite materno. Segundo eles, não foi realizado “nenhum ensaio funcional” para testar a possibilidade, embora estudos anteriores já tenham mostrado capacidade de neutralização dos mesmos anticorpos.

 Foto: Breno Esaki/Agência Saúde

Tags:

Leia também