Digite sua busca

 

 

Brasil Notícias Notícias em destaque Pandemia SAÚDE

Anvisa autoriza uso emergencial de medicamento para tratamento da Covid-19

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou o uso emergencial de um novo medicamento para tratamento da Covid-19. A agência reguladora tomou a decisão por unanimidade nesta quarta-feira (11), em reunião extraordinária.

O medicamento Regkirona (Regdanvimabe) é eficaz contra as variantes Beta, Gama e Delta, que é considerada a mais contagiosa. A autorização do uso do remédio foi solicitada pela empresa Celltrion Group em 12 de maio. Essa é a quarta droga a ter a liberação no país.

O medicamento é um anticorpo monoclonal desenvolvido por uma farmacêutica sul-coreana e é indicado para tratar pacientes contaminados com o novo coronavírus que ainda não estejam fazendo uso de oxigênio suplementar, mas que correm risco de ter complicações por conta da doença.

“Esse pedido foi excessivamente avaliado. A Anvisa reconhece e dá o peso para as decisões de outras agencias regulatórias”, destacou a diretora da Anvisa, Meiruze Sousa Freitas, relatora da solicitação. Ainda de acordo com ela, a empresa apresentou dados sobre a certificação de boas práticas de produção da droga. Além disso, a ela garante que a Anvisa avaliou os riscos e o benefício da droga antes de liberar o uso.

“Não estamos recomendando o uso preventivo do Regdanvimabe”, destacou. Quem fizer uso do anticorpo deverá esperar 90 dias para ser vacinado contra a Covid-19. O tempo é exigido por não existir estudos científicos sobre o uso do remédio combinado com os imunizantes. O paciente deverá, portanto, ser avaliado por um médico antes da vacinação.

Ainda não existem dados sobre o uso do produto em grávidas, lactantes, pacientes com doença hepática moderada ou grave e pacientes com doença renal grave. Portanto, o uso não é recomendado para esses pacientes.

A autorização deixa claro que o uso é restrito a hospitais e exige prescrição médica. A venda é proibida ao comércio e a droga não poderá ser vendida em farmácias e drogarias.

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Tags:

Leia também


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143