Digite sua busca

 

 

Brasil Pandemia SAÚDE

Anvisa libera importação de matéria-prima da Coronavac

Foi autorizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) nesta quarta-feira (28), a importação de matéria-prima para produção de 40 milhões de doses da CoronaVac, vacina chinesa que poderá ser produzida em São Paulo, pelo Instituto Butantan.

Na última semana, a Anvisa já tinha liberado a importação de 6 milhões de doses da CoronaVac, que já virão envasadas e prontas para o uso. A CoronaVac está atualmente na terceira fase de testes. A Sinovac, farmacêutica chinesa responsável pela vacina, ainda não obteve o registro para aplicação do imunizante, que não pode ser utilizado na população.

Para comprovar a eficácia da vacina, é preciso que pelo menos 61 participantes do estudo, que tomaram placebo, sejam contaminados pelo vírus. A partir dessa amostragem, é feita então uma comparação com o total dos que receberam a vacina e, eventualmente, também tiveram diagnóstico positivo da covid-19.

 Foto: Divulgação

Tags:

Leia também

    
 WhatsApp
 Baixe o aplicativo Sociedade Play
X