Digite sua busca

 

 

Bahia Cidades Notícias Notícias em destaque

Após ataque em assentamento do MST na Bahia, Consórcio Nordeste emite nota de repúdio

Foi emitido pelo Consórcio Nordeste uma nota de repúdio contra o ataque ao assentamento Fábio Henrique, do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), na cidade de Prado, no sul da Bahia. Veículos foram incendiados e integrantes foram feitos reféns.

Assinada pelo atual presidente do consórcio, o governador do Piauí, Wellington Dias, a nota descreveu a ação como “momentos de barbárie e crueldade”, além de classificar o ataque como uma ação de terrorismo.

O caso aconteceu no domingo (31) e, na terça-feira (2), a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) reforçou o policiamento no assentamento. A medida foi tomada pelo secretário Ricardo Mandarino, para evitar que outros assentamentos da região sejam alvos de crimes.

Além disso, Mandarino determinou que a Polícia Civil investigue a situação e detalhou que testemunhas já foram ouvidas. De acordo a coordenação do MST, os suspeitos chegaram ao local e perguntaram pelos líderes do movimento no momento em que acontecia uma assembleia

O MST disse ainda que os suspeitos incendiaram carros e ônibus, depredaram casas e atiraram em veículos de assentados. Apesar do susto, ninguém ficou ferido.

Leia a nota Consócio Nordeste na íntegra:

“Na manhã deste domingo, dia 31, o Brasil reviveu seus piores dias, momentos de barbárie e crueldade. No município do Prado, sul da Bahia, vinte homens armados fizeram trabalhadores rurais reféns, incendiaram dois ônibus, além de realizarem diversos disparos de armas de fogo contra carros e casas no Assentamento Fabio Henrique – local onde agricultores rurais cuidam da terra e produzem alimentos saudáveis.

Numa clara ação de terrorismo, trabalhadores tiveram armas de fogo apontadas para suas cabeças, viram dois ônibus dos agricultores serem incendiados e a depredação de suas casas.

O povo nordestino, assim como toda a solidária população brasileira, repudia a violência e a intolerância contra as e os trabalhadores do campo e da cidade. Lutaremos contra os retrocessos vividos por dignidade aos nossos trabalhadores rurais. Nossa solidariedade ao MST e às famílias atingidas”.

Foto: Reprodução / TV Santa Cruz

Tags:

Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143