Digite sua busca

 

 

Mundo Notícias em destaque Política

Após onda de protestos, presidente do Peru renuncia em menos de uma semana no cargo

O presidente do Peru, Manuel Merino, renunciou ao cargo neste domingo, após o seu quinto dia no poder. Ele enfrentava uma onda protesto pedindo sua saída do poder, durante esses atos duas pessoas acabaram morrendo, e várias ficaram feridas, porém a violência da última madrugada foi um ponto chave, provocando também a renúncia de 13 dos 18 ministérios do novo governo, juntamente com os vice-ministros.

O próximo presidente deve ser nomeado pelo congresso. O escolhido será o terceiro presidente em menos de uma semana, com a missão de tentar pacificar o país, que está sendo fortemente atingido pela pandemia do Covid-19 e por uma recessão econômica. Tal crise política foi agravada quando o congresso removeu o presidente popular Martín Vizcarra, em um julgamento a jato na segunda-feira.

Merino afirma que os 18 ministros que ele empossou na quinta quando assumiu permanecerão no cargo temporariamente para que não haja “vácuo de poder”. Porem após a repressão aos manifestantes no sábado praticamente todos os ministros da pasta tenham renunciado.

Foto: Sebastian Castaneda/Reuters.


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143