Digite sua busca

 

 

Justiça Notícias Notícias em destaque Salvador

Após sofrer ataques racistas, influencer baiano Menor Nico aciona MP

Após sofrer ataques racistas, o influencer baiano Menor Nico acionou o Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), nesta quarta-feira (1º). No pedido, ele foi representado pelo pai, Valderi da Costa Pereira, em documento protocolado pelo advogado Leonardo Britto.

“Fizemos agora o protocolo da representação criminal por injúria racial, na qual nós pedimos que [o MP-BA] notifique o Facebook para apresentar os dados dos usuários que a gente informou, para notificar eles”, disse o advogado ao g1.

“Após [o Facebook] informar os dados, todos os usuários que participaram dessa conduta delituosa serão punidos, de acordo com a lei”, pontou.

Menor Nico tem sido alvo constante de racismo nas redes sociais. Na segunda-feira (29), ele compartilhou algumas mensagens com insultos raciais que recebeu.

Na publicação em que denunciou o racismo que sofre, o adolescente desabafou e falou sobre o pesado fardo de ser insultado por ser negro, ainda na adolescência.

O adolescente mora na zona rural de Antônio Cardoso, cidade a 150 quilômetros de Salvador, e ficou famoso com o hit “Amor ou Litrão”. Ele já foi ouvido mais de 84,5 milhões de vezes em uma plataforma de streaming de música. O clipe da canção foi assistido mais de 184 milhões em uma página na internet.

Entre as ofensas racistas que recebeu, várias pessoas chamaram o adolescente de “macaco”. Depois de compartilhar com os seguidores as mensagens, o garoto ganhou o apoio de vários artistas, entre eles Carla Perez.

“Meu amor, você é amado por todos nós. Essas pessoas maldosas são dignas de pena”, escreveu ela.

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Foto: Divulgação/Clipe ‘Litrão Remix’

Tags:

Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143