Digite sua busca

 

 

Bahia Notícias Notícias em destaque Salvador SAÚDE

Bahia registra primeiro caso de morte causada pela Influenza A H3N2

A Bahia registrou, na noite de quarta-feira (15), o primeiro caso de morte causada pela Influenza A H3N2. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde da Bahia (Sesab), a vítima era uma mulher de 80 anos, moradora de Salvador.

Apesar de a vítima não ter se vacinado contra a gripe, o imunizante não tem uma ação contra esta versão do vírus, que tem causado surtos no Brasil, a variante Darwin.

Conforme o último boletim da Sesab, que contabilizam casos registrados até a última terça-feira (14), a Bahia havia registrado 93 casos de Síndrome Gripal (GP) com resultado positivo para Influenza A H3N2. Desse total, 15 evoluíram para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e necessitaram de hospitalização, sendo que 14 deles são residentes em Salvador e 1 em Lauro de Freitas. Os pacientes tem idades entre 9 e 85 anos.

Na terça-feira (14), o secretário de Saúde de Salvador, Leo Prates, confirmou que a capital baiana está passando por um surto de gripe. Apesar de em julho a prefeitura ter iniciado a vacinação contra a gripe para o público geral, a taxa de aderência à campanha foi baixa.

O boletim de Vigilância Epidemiológica Estadual recomenda a intensificação vacinal nos municípios que ainda possuem estoque do imunizante. A aplicação, por enquanto, deve ser ofertada apenas aos grupos prioritários que não se vacinaram em 2021.

O grupo prioritário é composto por crianças entre 6 meses e 6 anos; gestantes e puérperas; pessoas com 60 anos ou mais; povos indígenas e quilombolas; população privada de liberdade; adolescentes sob medidas socioeducativas; pessoas com comorbidades ou deficiência permanente.

Foto: Divulgação/Secretaria Municipal da Saúde

Tags:

Leia também


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143