Digite sua busca

 

 

Bahia Notícias Notícias em destaque Pandemia Trânsito

Bahia: Transporte intermunicipal será suspenso na Semana Santa

As medidas restritivas para conter o avanço do coronavirus estão cada vez mais rigorosas na Bahia. Dessa vez, o transporte intermunicipal será suspenso durante o feriado da Semana Santa e Páscoa em todos os municípios do Estado. O comunicado foi feito pelo governador Rui Costa, durante transmissão ao vivo, na noite de ontem (23).

“Queremos interromper e dificultar que as pessoas tenham acesso ao interior. Se a gente permitir que haja o transporte intermunicipal em um feriado prolongado, onde a gente tem a tradição das pessoas viajarem, a gente vai gerar uma contaminação grande entre as pessoas e, portanto, nosso objetivo é reduzir a contaminação”, disse o governador.

O prefeito de Salvador, Bruno Reis, já havia informado sobre a possibilidade de suspensão do transporte intermunicipal, entretanto, as datas só foram divulgadas ontem pelo governador. A resolução será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta (24).

De acordo com Rui Costa, a interrupção começa a partir da meia-noite de quinta-feira (1º), para circulação e saída dos transportes, e partir das 9h do mesmo dia, serão suspensos a chegada de qualquer transporte intermunicipal. A medida é válida até às 5h do dia 6 de abril.

Ainda segundo o governador, as rodoviárias serão fechadas, porém, não foi detalhado se seria em todos os municípios do estado.

A suspensão vale para qualquer transporte coletivo intermunicipal rodoviário, público e privado, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans.

Também ficam suspensas, a partir de 20h do dia 31 de março, a circulação, saída e chegada de ferry-boats e catamarãs, em todo estado, até às 5h do dia 6 de abril.

Além disso, serão interrompidas, a partir das 20h do dia 1º de abril, a circulação, saída e chegada de transporte coletivo intermunicipal hidroviário, público e privado, como lanchinhas e balsas, em todo o estado, até as 5h do dia 5 de abril.

Na transmissão, o governador não informou se outros feriados serão antecipados para a Semana Santa, tema também abordado por Bruno Reis.

Foto: Reprodução